O que é

Avaliação Neuropsicológica?

A solicitação de uma avaliação neuropsicológica pode vir da escola, médicos (neurologistas, psiquiatras, geriatras), psicólogos, fonoaudiólogos, psicopedagogos ou de qualquer profissional que acompanhe o paciente ou por necessidade do próprio sujeito.

São aproximadamente, 8 ou 10 sessões, podendo se estender de acordo a cada caso. O primeiro ponto é entender a queixa e as particularidades do histórico do paciente, com uma investigação minuciosa (anamnese), o que leva em torno de 2 sessões de 1 hora.

A avaliação neuropsicológica pode ser aplicada em criança, adolescentes, adultos e idosos.

Porém, cada faixa etária irá precisar da avaliação com focos diferentes.

DOS 2 AOS 5 ANOS

Pré Escolares

Precisamos esclarecer que avaliação neuropsicológica não é medir QI, mas sim identificar fatores de risco para o desenvolvimento humano, associar os resultados com variáveis ambientais ou características maternas (ansiedade), avaliar o impacto de condições biológicas (prematuridade, baixo peso), identificar habilidades específicas de uma criança e determinar estratégias apropriadas de intervenção.

Hoje em dia a avaliação neuropsicológica, ultrapassa modelos mecânicos de protocolos, apenas com resultados numéricos, e por conta de lesões cerebrais. Ela analisa de forma dinâmica a relação cérebro-comportamento e ultrapassa a mera classificação de uma criança num grupo de referência.

O trabalho do neuropsicólogo, tem como objetivo o diagnóstico diferencial, mapeamento cognitivo para uma intervenção precoce e melhores possibilidades de desenvolvimento dessa criança.

Os Marcos do Desenvolvimento, são uma questão que causa muitas dúvidas nos pais, pois há uma crença de que “cada criança tem seu tempo” que faz muitas famílias ignorarem sinais precoces de que a criança não está se desenvolvendo no ritmo esperado. Então, quando entendemos que existe sim um tempo adequado para a criança adquirir habilidades podemos observar melhor como está seu desenvolvimento.

Na idade dos 2 aos 3 anos, precisamos estar atentos se há perceptíveis atrasos do desenvolvimento da criança como na comunicação verbal e não-verbal, crises de birra que excedem o esperado, perda de aquisições já estabelecidas, afastamento de figuras de referência e estranhamento exagerado de pessoas pouco familiares. Esses pontos já podem ser considerados como alerta de que pode haver algo errado com a criança.

Já dos 3 aos 6 anos, o que observamos como algo que precisa de atenção são os medos exagerados e sem fundamentação, enurese e encoprese, alimentação extremamente seletiva, atos de crueldade com crianças menores e animais ou até mesmo pequenos furtos.

Se você nota um destes comportamentos no seu filho, busque um neuropsicólogo.

DOS 6 AOS 16 ANOS

Fase Escolar

A Avaliação Neuropsicológica Infantil se refere à utilização de procedimentos técnicos, adaptadas ao modo como as crianças internalizam e evocam as informações.

Desse modo, a avaliação é bastante utilizada para diagnosticar casos de: Dificuldades atencionais, agressividade, transtornos do neurodesenvolvimento (TEA e TDAH), transtornos de aprendizagem (dislexia, discalculia, disgrafia e disortografia), dificuldades na aprendizagem, transtornos de humor, transtornos psiquiátricos, rebaixamento na autoestima, dificuldades na socialização, depressão, transtornos alimentares, dupla excepcionalidade, superdotação, deficiência intelectual, dentre outros.

Além disso, favorece o diagnóstico precoce de alterações no desenvolvimento, como o Transtorno do Espectro Autista (TEA) e demais atrasos no desenvolvimento global, favorecendo intervenções multidisciplinares precoces e, consequentemente, mais eficazes.

PSICÓLOGA E NEUROPSICÓLOGA

Thais Peleias

CRP: 06/100.880

• Graduada em Psicologia pela Universidade São Marcos – dez 2009
• Especialista em Neuropsicologia pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo – 2013
• Formação em Diagnóstico de Psicoses e Autismo na Infância
• Experiência de 9 anos em atendimento clínico psicoterápico de crianças adolescentes, adultos e idosos
• Experiência de 8 anos com deficientes intelectuais e transtornos psiquiátricos
• Aperfeiçoamento em Avaliação da Personalidade – vetor 2018
• Avaliação Neuropsicológica, de crianças, adolescentes, adultos e idosos
• Aperfeiçoamento em Psicomotricidade pelo Instituto Superior de Psicomotricidade e Educação
• Aperfeiçoamento em Neuroaprendizagem da Avaliação a Intervenção pela Neurosaber

LOCAL DE ATENDIMENTO

Conheça o Consultório

Consultório de fácil acesso, localizado ao lado do Metrô Tatuapé, na Zona Leste de São Paulo.

O endereço é Rua Catiguá, 159 – Cj 722 – Tatuapé

Com estacionamentos (não conveniados) no prédio e diversas opções ao redor.

Atendimento de Segunda à Sexta das 09hs às 20hs e aos Sábados das 09hs às 13hs.

Sobre os Valores

Quanto custa uma Avaliação Neuropsicológica?

A Avaliação Neuropsicológica tem em TORNO de 10 sessões.

Digo em torno, pois às vezes pode ter algumas sessões a mais, ou a menos, mas geralmente uso 10 sessões para uma avaliação.

O valor do pacote da avaliação é de R$ 2.500, neste valor estão inclusas até 10 sessões de até 1 hora de duração.

Se passarmos de 10 sessões o valor de cada sessão é de R$ 270.

As formas de pagamento são:

Por Sessão Individual,
(com valor de R$ 270 que são acertados ao final de cada sessão).

Ou

– Pacote de R$ 2.500 por até 10 sessões feitas,
que podem ser pago à vista, em 3 etapas (3 x R$ 834) durante a avaliação com as datas já determinadas para o acerto ou em até 6x no cartão de crédito (juros e taxas, por conta do paciente).

Caso você já queira agendar um horário preencha o formulário abaixo com as suas informações e assim que possível entraremos em contato